FAMÍLIA FRANCISCANA PORTUGUESA

CONCEPCIONISTAS AO SERVIÇO DOS POBRES

O Capítulo Geral é o órgão máximo do Instituto que reúne habitualmente de 6 em 6 anos.

As Irmãs capitulares em número de 22, são naturais dos diferentes países em que a Congregação está ao serviço dos pobres: Portugal, Moçambique, México e Timor Leste. Para além da avaliação da vida do Instituto, serão aprovadas algumas alterações às Constituições e projetadas linhas de ação para revitalizar a vocação e missão Concepcionista. Ao Capítulo Geral cabe também eleger o novo Governo que irá conduzir a Congregação ao longo do sexénio 2016/2022, sendo a eleição da Superiora Geral presidida pelo Sr. Arcebispo de Évora, D. José Alves, no dia 25 de Junho.
Antecede a este significativo acontecimento eclesial, uma assembleia em Fátima, que reunirá toda a Família Concepcionista em aprofundamento do tema capitular.
Que a celebração deste momento de graça divina conte sobretudo com a luz e a força do Espírito Santo numa atitude de discernimento e oração, à maneira dos discípulos reunidos no Cenáculo com Maria Imaculada.

 

Eleita nova Superiora Geral das Irmãs Concepcionistas ao Serviço dos Pobres

No dia 25 de junho de 2016, as Irmãs Concepcionistas ao Serviço dos Pobres, no XII Capitulo Geral da Congregação, elegeram como Superiora Geral, por um período de seis anos, a Ir. Maria Alice Isabel.

Nasceu a 17 de fevereiro de 1944 em Alvados, Porto de Mós e cedo se sentiu chamada a uma vida de consagração ao Senhor no Serviço aos Pobres. Ainda jovem partiu em missão para Moçambique onde permaneceu durante seis anos. Formada em Ciências Religiosas pela Universidade Católica de Lisboa, dedicou toda a sua vida à formação inicial e permanente e de 1992 a 2004 foi Superiora Geral da Congregação, partindo depois em Missão para Timor Leste. Aí se dedicou durante seis anos e daí partiu para Moçambique onde se encontrava presentemente, passados seis anos de serviço como Delegada naquele País.

Com ela a formar o governo da Congregação estão quatro conselheiras: Ir. Célia Maria Pedrosa Cabecinhas (Vigária Geral), Ir. Vitória Jaquete Uache, Ir. Maria da Graça Martins Peixoto e a Ir.  Maria Goreti Pereira Pedrosa.

Foi confiando na força do Espírito do Senhor, na proteção de Maria, na intercessão de Madre Isabel, de Francisco de Assis, e na colaboração de todas as Irmãs que o novo Governo Geral assumiu com esperança esta missão.