FAMÍLIA FRANCISCANA PORTUGUESA

ORDEM DA IMACULADA CONCEIÇÃO (OIC)

Segunda Ordem Franciscana

ORDEM DA IMACULADA CONCEIÇÃO

Fundadora: Santa Beatriz da Silva.

 

Santa Beatriz da Silva era a oitava filha de D. Rui Gomes da Silva, alcaide da vila fronteiriça de Campo Maior, e de D. Isabel de Meneses,  filha de D. Pedro de Meneses, 1º conde de Vila Real e 2º conde de Viana. Curiosamente, um dos dados mais seguros que temos acerca da sua vida é o local do seu nascimento, que nos é dado pela sua primeira biógrafa e companheira, Sor Juana de San Miguel. Esta monja, que fez parte da comunidade primitiva e conviveu muitos anos com Beatriz afirma: «o que se sabe é que nasceu esta senhora em Campo Maior».

Nasceu em 1437.

Foi preparada desde cedo para a vida na Corte, tornando-se dama da infanta D. Isabel de Portugal, Rainha de Castela e Leão. Conforme testemunha um relato da época, Beatriz: «além de vir de sangue real, era mui graciosa donzela e excedia a todas em formosura e gentileza». Devido aos ciúmes que por ela sentia a rainha, encerrou-a num cofre. Nesse tempo de provação, aparece-lhe a Virgem Maria, vestida de branco e azul. Vindo para a consolar e encorajar com verdadeiro carinho materno, pede-lhe para fundar uma ordem em honra da sua Imaculada Conceição, tendo como hábito o mesmo traje com que aparecia a Mãe de Deus. Para se poder dedicar a uma vida cristã mais perfeita, retira-se então da corte de Castela para o mosteiro de S. Domingos, o Real, em Toledo, onde permaneceu mais de 30 anos, sem professar nenhuma Regra, vivendo como senhora de Piso.

Em 1484, ajudada pela rainha D. Isabel I, a católica - filha da rainha D. Isabel que a trouxera para a corte – sai do mosteiro de S. Domingos e em 1489 funda a Ordem da Imaculada Conceição (Concepcionistas).

Santa Beatriz faleceu em 1492, com 55 anos de idade. Foi beatificada por Pio XI, em 1926, e canonizada por Paulo VI a 3 de Outubro de 1976.

Santa Beatriz da Silva é a única mulher portuguesa canonizada até ao presente, e a única que fundou uma Ordem Contemplativa. A Ordem da Imaculada Conceição difundiu-se por diferentes países da Europa, da América Latina e da Ásia e continua a afirmar-se através de quase centena e meia de mosteiros.

A vinda para Portugal das Filhas de Santa Beatriz da Silva aconteceu logo em 1608, com a fundação do Mosteiro da Conceição, em Angra do Heroísmo, na Ilha Terceira – Açores. No continente,  figura a data de 1622 como fundação do importante Mosteiro Concepcionista de Braga. Estes dois, seguidos de muitos mais, até à expulsão da Ordens Religiosas em Portugal e à 1ª República. A restauração da Ordem no nosso país deu-se em 1942.

  Actualmente, são dois os mosteiros de Concepcionistas: o Mosteiro de Campo Maior, fundado em 1942 por dez monjas espanholas, e o da Quinta do Viso, perto de Viseu, fundado a partir da Comunidade de Campo Maior, em 1970. E uma recente fundação no Estoril (Abril de 2013). Diferente é a situação no Brasil, onde existem, presentemente, 18 mosteiros da Ordem da Imaculada Conceição.

As monjas são conhecidas também como Concepcionistas Franciscanas, dado o vínculo espiritual com os Frades Menores da Observância, logo desde a origem da Ordem. É conseguida a Regra própria da Ordem da Imaculada Conceição em 1511, pelo Papa Júlio II.

Carisma. A inovação que Santa Beatriz traz à Igreja acontece a vários níveis: a defesa do dogma da Imaculada Conceição, feita forma de vida (tantos anos antes da sua aprovação!) o hábito, mais festivo que penitencial, pelas suas cores azul e branco; uma Ordem eminentemente mariana...

O Serviço ao Altíssimo e à Bem-aventurada Virgem Maria no mistério da sua Conceição são a base do carisma concepcionista, pois a tarefa específica que Beatriz legou à Igreja, consiste em viver uma vida de louvor à Trindade pelo facto de ter criado Maria fazendo-a Imaculada, meta e fim da plenitude de vida de todo o ser humano. Esse louvor vive-se em oferenda da própria vida associada ao mistério Eucarístico, como "hóstia viva em corpo e alma”.

Como Maria, cada concepcionista é convidada a manter-se disponível, de coração aberto onde Deus possa semear a sua Graça e que ela possa gerar, alimentar e dar à luz. Como Cristo se desenvolveu no seio de Maria, assim quer ser concebido por cada monja da Conceição, através da sua vida de silêncio fecundo, oração contínua, escuta da Palavra de Deus, abertura ao outro e às moções do Espírito. Como verdadeira e fecunda esposa, deve manter-se esvaziada de si própria para que o Espírito Santo possa entrar no seu coração e fecundá-la com o seu amor. Concebendo Jesus para dá-lo ao mundo, torna-se também mãe da humanidade, levando no coração todos os homens e mulheres. A Imaculada é a mãe que gera sempre novos filhos para o Reino dos Céus, assim viverá a Irmã concepcionista, nesta atitude permanente de fazer espaço dentro de si mesma, de docilidade ao Espírito Santo. A maternidade espiritual é uma característica muito própria do carisma concepcionista.

A dimensão apostólica desta forma de vida, encontra-se no culto litúrgico ao Mistério da Conceição Imaculada de Maria, e à irradiação ou comunicação às almas da presença da Mãe de Deus, fazendo-lhes perceber como actua Maria na vida espiritual das almas, introduzindo-as e elevando-as até ao mais alto grau da santidade.

A vocação concepcionista é pois um chamamento a dedicar a vida em íntima união com Maria à contemplação da sua Conceição Imaculada, oferecendo ao mundo um meio de procura pela obediência d'Aquele de quem o homem se tinha afastado por causa da sua desobediência. A concepcionista deseja colaborar assim com a graça mediante o exercício de uma vida monástica escondida, na adoração eucarística, na solidão e no silêncio, a fim de contribuir, conforme o desejo Divino, a restabelecer a ordem original da criação: o diálogo da criatura com o Criador. Escondida no claustro, oferece ao Pai as alegrias e tristezas, gozos e esperanças da Humanidade.

            Atualmente no Mosteiro de Campo Maior: 16 Irmãs, 12 professas solenes, 4 irmãs em formação inicial: 1 irmã de votos temporários, 2 noviças e 1 postulante; e várias aspirantes.

 

Blog: santabeatrizdasilva.blogspot.com            www.santabeatriz-viseu.pt

 

 

Ordem da Imaculada Conceição 
Monjas Concepcionistas Franciscanas 
Convento da Imaculada Conceição 
Cerca do Convento, s/nº 
7370-063 CAMPO MAIOR 
Tel.: 268 686 615 
E-mail: santabeatriz@sapo.pt 
oic.campomaior@santabeatrizdasilva.com

Ordem da Imaculada Conceição 
Monjas Concepcionistas Franciscanas 
Convento de Santa Beatriz da Silva 
Av. Santa Beatriz da Silva, s/n 
Viso Norte - 3505-550 VISEU 
Tel. 232 437 229 
oicviseu@gmail.com

www.santabeatriz-viseu.pt

 

Irmãs Concepcionistas Franciscanas 
Mosteiro do Sagrado Coração de Jesus 
Rua Carlos Anjos, 156 
Amoreira (Estoril) 
2645-174 ALCABIDECHE 
Tel. 214 681 349 
E-mail: oicestoril@gmail.com